Eles sugam a produtividade da sua lavoura – Ourofino Agrociência

Mercado

Eles sugam a produtividade da sua lavoura


12/07 2:50 164 visualizações

Percevejos se mantêm como um dos vilões da produção de soja; Ourofino Agrociência apresenta nova solução, o Racio

Os produtores de soja brasileiros devem produzir 97,3 milhões de toneladas do grão na safra 2015/16, exportando 53,8 milhões de toneladas desse total. Essas são as estimativas divulgadas pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), no fim de junho, que demonstram a grandeza e importância desta cultura para o país.

Os produtores, ao longo dos anos, vêm aperfeiçoando o manejo e aderindo a novas tecnologias em busca do tão sonhado aumento de produtividade. Contudo, uma praga insiste em atacar suas lavouras e trazer prejuízos de milhões de reais a cada safra, o percevejo.

Os percevejos são insetos sugadores com enorme potencial de ocasionar prejuízos na cultura da soja. Embora estejam presentes desde o período vegetativo da cultura, é no período reprodutivo que ocorrem os danos. “Algumas regiões do Brasil, como Paraná e Mato Grosso, a incidência de percevejo tem sido muito alta. Em alguns casos, os produtores chegam a fazer de seis a oito aplicações específicas para percevejo”, afirma o engenheiro agrônomo e consultor, Luis Henrique Kasuya.

De fato, a praga ataca as lavouras de todas as regiões do país e a utilização da soja intacta, uma variedade que possui o gene BT em seu DNA, reduzindo a utilização de inseticidas que controlam as principais lagartas, tem aumentado a sua população. “O grande problema é que, muitas vezes, o controle é feito tardiamente e sem levar em consideração os níveis corretos de monitoramento. Isso gera sobras da praga na lavoura e aumenta o número de aplicações e os danos na soja”, afirma o consultor.

Para o seu controle, especialistas indicam o químico como uma das principais estratégias para evitar ou reduzir os danos causados pelo percevejo. “A correta identificação da praga é extremamente importante para determinar os níveis de infestação. Dessa forma, é possível definir a época e as práticas mais adequadas para o controle”, explica Marco Antonio Cunha, gerente de Produtos (Inseticida, Fungicida e Cereais) da Ourofino Agrociência.

Racio chega para auxiliar os produtores no manejo de resistência e controle da praga

Se o produtor busca eficiência e competitividade em sua lavoura, a Ourofino Agrociência apresenta o Racio, produto à base de acefato lançado no início do segundo semestre. O inseticida, que controla um dos principais  sugadores da cultura da soja, o percevejo barriga-verde, é um produto altamente eficiente, recomendado também no manejo da lagarta-da-soja.

 

A solução chega em um momento importante para os produtores, uma vez que o seu modo de ação contribui para o melhor manejo de resistência e controle da praga. O consultor Luis Henrique Kasuya explica que atualmente existem poucos grupos químicos e a grande maioria concentra-se nos piretróides associados aos neonicotinóides. “Essas misturas podem encontrar resistência em determinadas espécies de percevejo”.

Por pertencer ao grupo dos organofosforados, o Racio torna-se fundamental no manejo de resistência da cultura da soja. “Com uma aplicação eficaz, o produtor poderá ter o controle efetivo do percevejo barriga-verde e da lagarta-da-soja em sua lavoura, podendo aumentar a produtividade e, consequentemente, os lucros”, declara Marco Antonio Cunha, gerente de Produtos (Inseticida) da Ourofino Agrociência.

Cunha lembra ainda que o produto conta com embalagem hidrossolúvel, ou seja, em contato com a água, elas dissolvem totalmente, evitando o contato direto com o produto, menor odor e garantindo mais segurança ao aplicador. “Buscamos oferecer as melhores tecnologias ao produtor, sempre visando o manejo eficiente”. finaliza.

Ficou interessado? Quer saber mais?

Veja o vídeo do pesquisador Dirceu Gassen

Saiba mais


Tags: #percevejo #produtividade #racio